A Paz do Senhor Jesus!

A Paz do Senhor Jesus! Seja bem vindo. Assista nossos vídeos:



Loading...

sábado, 25 de junho de 2011

Fime - A diretoria

Este filme abaixo em minha opinião é muito bom. Vale a pena assistir:



Sinopse do filme “A diretoria”:

"A Diretoria é um drama que expõe, de maneira simples e objetiva, aquilo que acontece no mais íntimo de uma pessoa. No filme, a alma é composta por seis integrantes: Mente, Memória, Emoção, Coração, Vontade e Consciência. Os interesses são diferentes, mas apenas uma votação unânime pode decidir que direção seguir.
Quando um deles surge com uma pergunta que pode trazer consequências eternas para todos, o grupo se vê em uma situação de risco. Muitas coisas ainda estão ocultas, mas precisam vir à tona. As dores e os ressentimentos do passado começam a surgir. Por fim, ao enfrentar uma poderosa acusação, a autodefesa hipócrita é exposta e se opõe à decisão final dos demais. A Diretoria irá mostrar-lhe como Deus fala à sua alma quando você medita a respeito da eternidade."

Assista o filme no YouTUBE:  www.youtube.com/watch?v=_yWhIOx7Imw&feature=related
se vc puder compre-o e abençõe este ministério.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sonhos de Deus

Não é o fim




Queridos irmãos, quando nos deparamos hoje em dia com tanta gente sofrendo em razão do pecado. Pessoas em hospitais seriamente acamadas. Em asilos abandonadas pelas suas famílias, se é que algum dia tiveram verdadeiramente uma. Ou crianças em orfanatos deixadas por seus gentiores sobre os cuidados de terceiros. Quando vemos tudo isso...Crianças sofrendo e morrendo de fome na Àfrica e mesmo aqui na América Latina. Quando vemos meninos e meninas africanas falecendo em razão de terem contraido HIV dos pais. Quando vemos crianças com toda série de deficiências e doenças como o câncer falecendo mesmo antes de completar a maioridade. Quando vemos inocentes tendo de empunhar armas morrendo nas guerras intermináveis deste mundo. Quando nos deparamos com coisas que são muito maiores do que nós e parecem querer nos esmagar. Perdas de entes queridos e quando vemos isso tudo, e tudo isso nos cerca , então muitos se perguntam. Onde está Deus??? Será que dorme??? E por não terem suas perguntas respondidas se esquecem dEle ou se revoltam contra Ele tentam negá-lo. Buscam outras formas de poderem ver e enxergar o mundo. Não tem coragem de assumir os seus erros ou mesmo o infortúnio da vida. Questionam a vontade de Deus. Pois se Deus é bom, porque deixou ocorrer tudo isso??? Respostas para os seus anseios e dúvidas que assaltam sua alma. Geralmente quando rendidos acabam buscando outras crenças religiosas ou filosóficas para explicar-se e justificar-se a si mesmos.

Quando o medo ronda o ser, quando parece que o sol se foi. Quando parece ter morrido a esperança. Quando nada mais faz sentido. Quando parece que vôce está lutando contra o mundo e não existe Deus, ou se existe Ele é mau e se esqueceu de você. Bem meu amigo nessas horas somente Ele poderá te falar. Nessas horas busque-o com TODA a alma. Saiba que Ele existe e que te ama. Quem diz isso é um ex-ateu. Ele está vendo tudo o que vôce está passando. Ele vê até os seres microscópicos que você não vê. Ele os formou e os conhece como a palma da mão. Tudo ele sonda até mesmo os pensamentos são batentes aos seus olhos.
Ele escreve a nossa vida e a sua mão não treme: Ele me disse isso um dia! Creia! Nós podemos não entender as suas razões mas quem poderá sondar a mente de Deus. A biblia diz que os caminhos de Deus são mais altos que os nossos caminhos. Que seus pensamentos são mais altos que os nossos pensamentos. Que tudo está sobre o seu controle. Mesmo que você não entenda esforce-se em apenas crer. Crer é um ato de fé é um voto de confiança, é acreditar no que não se vê.

A hora mais fria e morta do dia é antes do amanhecer com sua explosão de cores e de vida. Aguente um pouquinho mais. Tente de novo. Reorganize a sua mente, estabeleça prioridades e objetivos. Volte a sonhar. Analize os seus erros peça a Deus sabedoria e força de vontade para não mais cometê-los. Não se renda, não se abata, não se entregue. L U T E!!! Renda-se somente a Ele! Seja verdadeiramente um vencedor!!! Um relacionamento feliz somente existe se há entrega e confiança. Sua vida é prova inexpugnável de Seu amor por você!

Sabe quando eu era pequeno eu corria. Numa corrida o momento mais difícil é a reta final. naqueles momentos as forças se esvaiam e nada mais fazia sentido. Parecia não valer a pena continuar a lutar para vencer. O preço a pagar parecia alto demais: depois de toda uma corrida extenuante tinha que buscar forças que parecia não ter, para corrrer uma reta final numa velocidade que parecia não poder alcançar. Mas geralmente conseguia vencer a corrida e a sensação de dever cumprido, depois, superava tudo o de antes. Como valia a pena!!! Porem antes de terminar a corrida eu naõ sabia que valeria a pena o esforço. Mas Deus sabia por isso Ele me colocou em diversas corridas. Não ganhei todas, em uma cheguei em segundo, em outra, em que o bairro inteiro competia, cheguei em quarto, mas para todas eu me preparei e procurei dar o meu melhor. No segundo grau fui reprovado no 1º ano em um colégio de nível internacional já no 3º ano em outro colégio fui o melhor da turma. Não importa a situação que vc está vivendo hoje apenas dê o seu melhor hoje a Ele!!! Deixe o amanhã para amanhã, não se preocupe antecipadamente! Lute até o fim e creia que Deus está do seu lado mesmo que não possa vê-lo. Busque-o até encontra-lO. A biblia garante que Deus se revela a aqueles que o buscam de todo coração, com toda a mente e de toda a alma. E nessa ordem!!!

Há um conto que diz que certo homem quando morreu depois de um longo período perdido em um deserto chegou ao céu e perguntou a Deus: "Deus porque em minha vida tive de passar por tanto sofrimento ao morrer? E Deus lhe disse:
-Foi por amor meu filho: porque um dia tu me dissestes que me querias conhecer se se Eu existisse não importava o preço a pagar.  E porque somente naquele deserto tivestes tempo para me buscar e me ouvir. Somente naquele deserto abristes o teu coração para mim quando as tuas forças se esvairiam e clamastes em desespero por mim. Somente naquele deserto reconhecestes O meu filho Jesus como teu salvador. Somente naquele deserto te entregastes em oração a Mim e Eu pude te levantar em meus braços. Naquele deserto Eu tinha um encontro marcado contigo! Naquele deserto verdadeiramente pude te salvar e te fazer como meu filho!
-Mas Senhor como isso pôde ter acontecido se naquele deserto quando eu clamei a Ti ao desfalecer pude ver que continuava sozinho e ao olhar para trás somente via as minhas pegadas na areia. E Deus lhe respondeu:
-As pegadas que tu vistes na areia não eram tuas mas Minhas, pois naquele momento Eu te sustentava em minhas mãos!



Autor: Diego Turri, Arquiteto e Urbanista UFJF, Especialista em Administração Estratégica, Mestre em Engenharia COPPE/UFRJ. Mas muito mais importante que tudo isso: um homem que carece do amor de Cristo e que sem Ele todos esses títulos serviriam de nada. E que foi reprovado na 2ª série do 1º grau, reprovado na 1ª série do 2º grau. Não passou em 2 vestibulares. Teve que abandonar um curso superior.Teve que abandonar um curso de mestrado na metade mas é persistente e não desiste Nunca, em Cristo!


Assista: http://www.youtube.com/watch?v=FYgXX4Usrz4



"Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti." Isaías 43:2

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Você pode fazer a diferença



Relata a Sra. Thompson, que no seu primeiro dia de aula parou em frente aos seus alunos da quinta série primária e, como todos os demais professores, lhes disse que gostava de todos por igual. No entanto, ela sabia que isto era quase impossível, já que na primeira fila estava sentado um pequeno garoto chamado Teddy. A professora havia observado que ele não se dava bem com os colegas de classe e muitas vezes suas roupas estavam sujas e cheiravam mal. Houve até momentos em que ela sentia prazer em lhe dar notas vermelhas ao corrigir suas provas e trabalhos. Ao iniciar o ano letivo, era solicitado a cada professor que lesse com atenção a ficha escolar dos alunos, para tomar conhecimento das anotações feitas em cada ano. A Sra. Thompson deixou a ficha de Teddy por último. Mas quando a leu foi grande a sua surpresa.
A professora do primeiro ano escolar de Teddy havia anotado o seguinte:
-Teddy é um menino brilhante e simpático. Seus trabalhos sempre estão em ordem e muito nítidos. Tem bons modos e é muito agradável estar perto dele. A professora do segundo ano escreveu:
-Teddy é um aluno excelente e muito querido por seus colegas, mas tem estado preocupado com sua mãe que está com uma doença grave e desenganada pelos médicos. A vida em seu lar deve estar sendo muito difícil. Da professora do terceiro ano constava a anotação seguinte:
- A morte de sua mãe foi um golpe muito duro para Teddy.
Ele procura fazer o melhor, mas seu pai não tem nenhum interesse e logo sua vida será prejudicada se ninguém tomar providências para ajudá-lo. A professora do quarto ano escreveu:
- Teddy anda muito distraído e não mostra interesse algum pelos estudos. Tem poucos amigos e muitas vezes dorme na sala de aula. A Sra. Thompson se deu conta do problema e ficou terrivelmente envergonhada. Sentiu-se ainda pior quando lembrou dos presentes de natal que os alunos lhe haviam dado, envoltos em papéis coloridos, exceto o de Teddy, que estava enrolado num papel marrom de supermercado. Lembrou-se de que abriu o pacote com tristeza, enquanto os outros garotos riam ao ver uma pulseira faltando algumas pedras e um vidro de perfume pela metade. Apesar das piadas ela disse
que o presente era precioso e pôs a pulseira no braço e um pouco de perfume sobre a mão.
Naquela ocasião Teddy ficou um pouco mais de tempo na escola do que o de costume. Lembrou-se ainda, que Teddy lhe disse que ela estava cheirosa como sua mãe. Naquele dia, depois que todos se foram, a professora Thompson chorou por longo tempo... Entendendo que aqueles objetos pertenceram à mãe dele. Em seguida, decidiu-se a mudar sua maneira de ensinar e passou a dar mais atenção aos seus alunos, especialmente a Teddy. Com o passar do tempo ela notou que o garoto só melhorava. E quanto mais ela lhe dava carinho e atenção, mais ele se animava. Ao finalizar o ano letivo, Teddy saiu como o melhor da classe.
Um ano mais tarde a Sra. Thompson recebeu uma notícia em que Teddy lhe dizia que ela era a melhor professora que teve na vida. Seis anos depois, recebeu outra carta de Teddy contando que havia concluído o segundo grau e que ela continuava sendo a melhor professora que tivera.
As notícias se repetiram até que um dia ela recebeu uma carta assinada pelo Dr. Theodore Roosevelt*, seu antigo aluno, mais conhecido como Teddy. Que a convidava para seu casamento e noticiava a morte de seu pai. Ela aceitou o convite e no dia do casamento estava usando a pulseira que ganhou de Teddy anos antes, e também o perfume. Quando os dois se encontraram, abraçaram-se por longo
tempo e Teddy lhe disse ao ouvido:
- Obrigado por acreditar em mim e me fazer sentir importante, demonstrando-me que posso fazer a diferença. Mas ela, com os olhos banhados em pranto sussurrou baixinho:
- Você está enganado! Foi você que me ensinou que eu podia fazer a diferença, afinal eu não sabia ensinar até que o conheci.

Fonte: Histórias Evangelicas Vol. 1, conto nº 3 de autor desconhecido (Notação: * -História ilustrativa).

Como podemos ver a Jesus




Há uma boa e pequena história para o Natal, que devemos lembrar. Havia um pobre sapateiro chamado Martins. Morava numa grande cidade além-mar. Era um bom homem, amava a Jesus e tinha muitas vezes pensado que gostaria do ter a Jesus como hóspede. Na véspera do Natal Martins sonhou que ouvira uma voz dizer: "Martins, olhe aí nas ruas amanhã, vou chegar".
Quando veio o dia, Martins levantou-se, prestou um culto a Deus, e foi à oficina começar o trabalho. Lembrou-se então da voz, e começou a olhar para a rua esperando Jesus. Mas via-se somente um velhinho,
raspando a neve da calçada. O homem era muito fraquinho, e sofria tanto de frio que mal podia mexer com a pá. Martins pensou: "Enquanto estou esperando o Senhor, vou fazer uma xícara de chá para aquele velho".
Preparou o chá, chamou o ancião para dentro, e depois de tomarem o chá quente, o velho voltou animado para o trabalho, enquanto Martins começou de novo a procurar Jesus na rua.
Viu então uma pobre mãe com a filhinha mal embrulhada num xale roto. Convidou-a a entrar, deixou-as aquecer-se ao fogo, deu-lhes comida e uma roupinha à menina, e elas saíram contentes. Quando a mulher tinha ido, Martins continuou a trabalhar, mas pensou que devia estar na hora do Senhor chegar e saiu para a rua de novo. Uma senhora que vendia maçãs estava sofrendo nas mãos de um rapazinho que queria roubar-lhe a fruta, e Martins chamou o menino e deu-lhe conselhos e lhe falou como amigo, até que o menino pediu
desculpas à velha, fazendo as pazes.
A noite chegou. Era hora de deitar-se. Secretamente Martins pensou: "O Natal passou, mas Jesus não veio"
Sentou-se para ler a Bíblia, mas estava muito cansado e dormiu. Então, sonhou que ouvia de novo a voz:
"Martins, você não conheceu quando cheguei?" Martins perguntou: "Quem?" E a voz disse: "Eu".
Viu então o rosto do velho raspando a neve, a mulher e a criança, a vendedora de maçãs e o menino levado ... e cada um destes dizia... "Sou Eu, sou eu".

Fonte: 200 ilustrações Casa Publicadora Batista