A Paz do Senhor Jesus!

A Paz do Senhor Jesus! Seja bem vindo. Assista nossos vídeos:



Loading...

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Escolhas


Fornalha

"Ao ouvir isso, Nabucodonosor ficou furioso com os três jovens e, vermelho de raiva, mandou que se esquentasse a fornalha sete vezes mais do que de costume.

Depois, mandou que os seus soldados mais fortes amarrassem Sadraque, Mesaque e Abede-Nego e os jogassem na fornalha.
Os três jovens, completamente vestidos com os seus mantos, capas, chapéus e todas as outras roupas, foram amarrados e jogados na fornalha.
A ordem do rei tinha sido cumprida, e a fornalha estava mais quente do que nunca; por isso, as labaredas mataram os soldados que jogaram os três jovens lá dentro.
E, amarrados, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego caíram na fornalha.
De repente, Nabucodonosor se levantou e perguntou, muito espantado, aos seus conselheiros: —Não foram três os homens que amarramos e jogamos na fornalha? —Sim, senhor! —responderam eles.
—Como é, então, que estou vendo quatro homens andando soltos na fornalha? —perguntou o rei. —Eles estão passeando lá dentro, sem sofrerem nada. E o quarto homem parece um anjo.
Aí o rei chegou perto da porta da fornalha e gritou: —Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do Deus Altíssimo, saiam daí e venham cá! Os três saíram da fornalha,
e todas as autoridades que estavam ali chegaram perto deles e viram que o fogo não havia feito nenhum mal a eles. As labaredas não tinham chamuscado nem um cabelo da sua cabeça, as suas roupas não estavam queimadas, e eles não estavam com cheiro de fumaça.
O rei gritou: —Que o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego seja louvado! Ele enviou o seu Anjo e salvou os seus servos, que confiam nele. Eles não cumpriram a minha ordem; pelo contrário, escolheram morrer em vez de se ajoelhar e adorar um deus que não era o deles.
Por isso, ordeno que qualquer pessoa, seja qual for a sua raça, nação ou língua, que insultar o nome do Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego seja cortada em pedaços e que a sua casa seja completamente arrasada. Pois não há outro Deus que possa salvar como este.
Então o rei Nabucodonosor colocou os três jovens em cargos ainda mais importantes na província da Babilônia."  Daniel 3: 19 a 30


"Os pecadores em Sião se assombram, o tremor se apodera dos ímpios; e eles perguntam: Quem dentre nós habitará com o fogo devorador? Quem dentre nós habitará com chamas eternas?
O que anda em justiça e fala o que é reto; o que despreza o ganho de opressão; o que, com um gesto de mãos, recusa aceitar suborno; o que tapa os ouvidos, para não ouvir falar de homicídios, e fecha os olhos, para não ver o mal,
este habitará nas alturas; as fortalezas das rochas serão o seu alto refúgio, o seu pão lhe será dado, as suas águas serão certas.
Os teus olhos verão o rei na sua formosura, verão a terra que se estende até longe."   Is.33:14 a17






 Quantas vezes fazemos as escolhas certas e os resultados são diferentes dos que esperamos.
A Biblia nos relata a história de três jovens que escolheram não obedecer ao seu governate pois a ordem que receberam ia contra as suas crenças e o seu Deus. Diante de todas as autoridades da Babilônia Sadraque, Mesaque e Abede-Nego não prestaram reverência a estátua de ouro que Nabucodonosor erguera para o seu deus. A intenção do rei era fortificar e validar o seu governo e um dos meios que usou foi a tentativa de instalar um controle sobre a religião fazendo com que  os seus súditos  adorassem aos deuses babilõnicos. A Biblia não menciona qual deus que a estátua representava , mas todos os povos sobre o dominio babilônico deveriam ao ouvir o som dos músicos ficar prostados e adorar a mesma.
A pretenção  absolutista de Nabucodonosor foi desafiada pela sinceridade e determinação de três jovens que só reconheciam e prestavam reverência ao Deus Absoluto, diante da setença de morte  emitida pelo rei eles declaram : "Não necessitamos de te responder sobre este negócio. Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste." Dn. 3:16-18.
A sábia decisão destes jovens, baseada em suas cresças e principios de obidiencia ao Deus de Israel, provocou uma reação de vingança dos adversários que os acusaram e uma decisão da autoridade máxima do governo babilônico baseada na raiva : "...Nabucodonosor ficou furioso com os três jovens e, vermelho de raiva.."., imagine como o rei se sentiu ele pretendia demostrar a todos do seu reino a sua autoridade suprema e validar o seu poder divino e é contrariado  e desafiado na frente de toda corte por três jovem estrangeiros, a decisão de Nabucodonosoe foi cabal  mandou aumentar o aquecimento de uma fornalha e os jovens rebeldes deveriam ser lançados vivos nela, diz a Biblia que o fogo estava tão intenso que os soldados ao lançarem os codenados morreram queimados.
Em fim a rebelião havia sido exterminada e os que estavam presentes saberiam que as ordens do soberano Nabucodonosor para adoração não poderia ser contestada mas DE REPENTE algo acontece o rei vê dentro da fornalha quatro pessoas passeando no meio do fogo , ele pergunta aos seus  conselheiros:  "-Não foram três os homens que amarramos e jogamos na fornalha? —Sim, senhor! —responderam eles. Como é, então, que estou vendo quatro homens andando soltos na fornalha..."  Notem só o rei viu os jovens andando na fornalha e o quarto homem os acompanhando.  Nobucodonosor não sabia que o Deus de Israel é ... um fogo consumidor. Hebreus 12:29  e "Porque o SENHOR teu Deus é um fogo que consome, um Deus zeloso." Deuteronômio 4:2 
Creio que Deus honrou a fé daqueles jovens, e também a promessa feita pelo Eterno através do profeta Isaías que respondeu quem poderia estar junto ao fogo consumidor "O que anda em justiça e fala o que é reto; o que despreza o ganho de opressão; o que, com um gesto de mãos, recusa aceitar suborno; o que tapa os ouvidos, para não ouvir falar de homicídios, e fecha os olhos, para não ver o mal..."
Agora o grande rei da Babilonia encontra se espantado e convencido que não era o absoluto, o poderoso, aquele que determinava o curso da vida dos seus súditos mas havia um DEUS Soberano, Onipotente , que determina o curso da vida dos homens.  
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego passaram pelo fogo e não foram consumidos, a decisão de não se inclinar para outro deus tinha sido recompensada, pois como ouro que passa pelo fogo , eles tiveram seu valor realssado pelo Ourives da Vida. Nabucodonoso os colocou em cargos importantes em seu reino e determinou que aqueles em seu reino que não reconhecesse a autoridade do Deus de Israel fosse punido.
O Senhor Eterno sempre recompensará as escolhas dos seus servos por honrar o Seu Nome diante dos homens, talvés estas escolhas sejam pela  verdade, justiça , honestidade e paz em nosso dia a dia na escola, faculdade, trabalho, família. O Eterno não muda nem mudará e aqueles que o desafiam achando que teem algum poder de decisão em suas mãos a respeito da vida  dos seus terão que comtemplar o Quarto Homem  ao nosso lado andando com a Autoridade que só pertence a Ele.




Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia; tu me cinges de alegres cantos de livramento. (Selá.)
Salmos 32:7 

domingo, 17 de outubro de 2010

Boas Novas

Começo

"Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor. E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura." Lucas 2:8-12

Segundo o dicionário Priberam da Lingua Portuguesa a palavra BOAS derivada de BOM quer dizer: Que é como deve ser ou como convém que seja, Que tem bondade, Hábil, Favorável, Espirituoso, Seguro, Sólido.

A palavra NOVAS derivada de BOM quer dizer: Feito recentemente, Moderno, Que se ignorava e que se vê ou se ouve pela primeira vez, Que ainda não serviu ou serviu pouco, Colheita próxima.

Pastores homens simples de sua época trabalhavam durante a noite guardando o seu rebanho dos perigos. A noite é tempo de trevas e escuridão. Assim também o povo judeu havia passado por um longo período de silencio de Deus. Os profetas e a Sua palavra revelada e viva não se fazia presente por 400 anos antes da vinda de Jesus. Parecia que Deus havia esquecido de seu povo.

Mas aquela noite era uma noite diferente de todas as outras. Naquela noite o resplendor da Glória do Senhor fez a noite virar dia. Aqueles pastores ficaram com medo, tamanha a luz e o resplendor que os cercou. Mas o anjo logo lhes disse para qe não temessem e o medo se transformou em admiração e grande alegria. A esperança não havia morrido: a promessa de um Salvador e Rei dada a Davi estava se cumprindo. Naquele dia, não ontem, nem amanhã mas hoje, o Salvador estava vindo ao mundo. Cristo não é o nome, mas sim o título relacionada com sua missão salvadora: No Hebraico era o” Messias”, e no grego, o ”ungido” de Deus cumprindo sua missão redentora. Que alegria uma promessa aguarda por todo o povo judeu faziam séculos, que parecia que demoraria ainda muito, naquele glorioso dia se cumpriu.

E você está também aguardando algo especial da parte de Deus. Uma promessa de um novo tempo, de uma nova vida. Um novo período em sua vida de alegria e paz.

Essa paz aqueles pastores encontraram em Jesus. Ao virem o cumprimento da promessa como um bebê numa manjedoura eles tiveram a fé para crer que ali estavam as esperanças de um novo tempo. Meu querido e minha querida esse tempo para você é hoje. Talvés você já tenha ouvido muito falar de Jesus mas você nunca viu a glória de Deus resplandecendo em tua vida e o medo se transformar em uma grande alegria. Deus quer se revelar a você. Como aquele que te ama. Como um pastor que resgata a sua ovelha perdida. Como o pai que reencontra o filho que estava longe. Deus quer se revelar a você e dizer: MEU FILHO EU TE AMO. Ele diz: me mostro a você nas pequenas coisas de tua vida e faço das coisas simples coisas GRANDES.

Quem poderia imaginar encontrar o salvador do mundo em um estábulo, sobre uma manjedoura e envolto em panos e na forma de um bebê: símbolo da suprema inocência. Pois foi assim que O Senhor apresentou o Seu filho. Aquele que era Deus e estava em Deus. O Verbo que se fez carne e habitou entre nós. O criador de todo o universo: que criou estrelas e planetas e estendeu os céus. Veio ao mundo como um bebê foi acolhido em um estábulo e não num palácio. “Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;” 1 Coríntios 1:27 Assim aprouve a Deus anunciar o Seu Filho aos homens simples deste mundo.

Mas Deus é Deus de todos. Homens simples e eruditos. Assim Deus quando anunciou o nascimento de seu filho para homens eruditos como os homens do oriente usou de outra estratégia:




“ Jesus nasceu na cidade de Belém, na região da Judéia, quando Herodes era rei da terra de Israel. Nesse tempo alguns homens que estudavam as estrelas vieram do Oriente e chegaram a Jerusalém. Eles perguntaram: —Onde está o menino que nasceu para ser o rei dos judeus? Nós vimos a estrela dele no Oriente e viemos adorá-lo.... e perguntou onde devia nascer o Messias. Eles responderam: —Na cidade de Belém, na região da Judéia, pois o profeta escreveu o seguinte: “Você, Belém, da terra de Judá, de modo nenhum é a menor entre as principais cidades de Judá, pois de você sairá o líder que guiará o meu povo de Israel.”... No caminho viram a estrela, a mesma que tinham visto no Oriente. Ela foi adiante deles e parou acima do lugar onde o menino estava. Quando viram a estrela, eles ficaram muito alegres e felizes. Entraram na casa e encontraram o menino com Maria, a sua mãe. Então se ajoelharam diante dele e o adoraram. Depois abriram os seus cofres e lhe ofereceram presentes: ouro, incenso e mirra.“ Mateus 2: 1, 2, 4b,5,6, 9b, 10 e 11.

Vemos no texto acima que para aqueles “astrônomos” daquela época Deus não enviou um anjo para anunciar o nascimento de Seu Filho. Mas O Senhor enviou um sinal: uma estrela para anunciar o nascimento do Salvador. E isso está em conformidade com sua palavra que diz: "Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos." Salmos 19:1 Aqueles homens seguiram aquele sinal e vieram a Jerusalém a cidade de Davi. Aquele a quem Deus havia prometido: “Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será firme para sempre.” II Samuel 7:16 Essa promessa de Deus a Davi se cumpriu com o nascimento de Jesus, o Rei dos reis de quem Daniel profetizou: “... e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.” Daniel 7:13b-14

E não somente Rei mas eterno sumo sacerdote: “Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque” Hebreus 7:21 Melquisedeque era rei de Salém cidade que deu origem a Jerusalem. Vemos que as promessas de Deus são sempre cumpridas pois Ele é fiel a sua palavra.

” Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come, assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.” Isaías 55:10-11

Nós agora temos um Rei que reina sobre tudo e todos e um eterno sumo sacerdote que intercede por nós diante do Pai. Sejamos como aqueles homens eruditos do oriente busquemos os sinais da anunciação do filho de Deus em nossas vidas cada vez mais e MAIS. Crescendo em conhecimento e comunhão com Deus. Busquemos e queiramos ver a Deus e a anunciação do Seu Filho em nossas vidas. Sendo guiados no Seu sobrenatural para os campos verdejantes e as águas puras de sua palavra para sermos renovados em Seu Espírito.


Há Senhor dá-no sede de Ti!!!
Que essa seja nossa oração!!!



Mais de 300 profecias das Escrituras Hebraicas Revelam Jesus como o Messias:
Profecias Messiânicas Cumpridas:


Gênesis

1. O Messias nasceria da "semente de uma mulher" [Gênesis 3:15a, Lucas 1:34-35].
2. O Messias derrotaria Satanás [Gênesis 3:15b, 1 João 3:8].
3. O Messias padeceria ao reconciliar os homens com Deus [Gênesis 3:15c, 1 Pedro 3:18].
4. O Messias seria descendente de Sete [Gênesis 4:25, Lucas 3:23-38].
5. O Messias seria descendente de Sem [Gênesis 9:26, Lucas 3:23-36].
6. O Messias seria descendente de Abraão [Gênesis 12:3, Mateus 1:1].
7. O Messias seria descendente de Isaque [Gênesis 17:19, Lucas 3:23-34].
8. O Messias viria para todas as nações [Gênesis 18:18b, Atos 3:24-26].
9. O Messias seria descendente de Isaque [Gênesis 21:12, Lucas 3:23-34].
10. O Messias seria como um cordeiro de sacrifício [Gênesis 22:8, João 1:29].
11. O Messias seria sacrificado no mesmo monte onde Deus testou Abraão [Gênesis 22:14, Lucas 23:33].
12. O Messias abençoaria todas as nações [Gênesis 22:18, Gálatas 3:14].
13. O Messias seria descendente de Isaque [Gênesis 26:4, Lucas 3:23-34].
14. O Messias seria descendente de Jacó [Gênesis 28:14a, Lucas 3:23-34].
15. O Messias viria para todos os povos [Gênesis 28:14b, Gálatas 3:26-29].
16. O Messias seria descendente de Judá [Gênesis 49:10a, Lucas 3:23-33].
17. O Messias seria Rei de Israel [Gênesis 49:10b, João 1:49].
18. A autoridade do Messias se estenderá a todas as nações [Gênesis 49:10c, Judas 1:25].
19. O Messias seria a "videira" [Gênesis 49:11, João 15:1-5].

Êxodo

20. Nenhum dos ossos do Messias seria quebrado[Êxodo 12:46, João 19:32-33].

Números

21. Nenhum dos ossos do Messias seria quebrado[Números 9:12, João 19:32-33].
22. O Messias seria Rei de Israel [Números 24:17, João 19:19].

Deuteronômio

23. O Messias seria Profeta [Deuteronômio 18:15, Mateus 21:11].
24. O Messias seria Profeta [Deuteronômio 18:18a, Mateus 21:11].
25. Deus falaria através do Messias [Deuteronômio 18:18b, João 12:49].
26. O Messias seria feito maldito para redimir o homem [Deuteronômio 21:23, Gálatas 3:13].
27. O Messias seria cultuado por anjos no seu nascimento [Deuteronômio 32:43, Lucas 2:13-14].

Rute

28. O Messias seria descendente de Boaz e Rute [Rute 4:12-17, Lucas 3:23-32].

1 Samuel

29. O Messias seria exaltado por Deus com poder e força [1 Samuel 2:10, Mateus 28:18].

2 Samuel

30. O Messias seria descendente de Davi [2 Samuel 7:12-13, Mateus 1:1].
31. O Messias seria o Filho de Deus [2 Samuel 7:13-14, Mateus 3:16-17].
32. O Messias seria descendente de Davi [2 Samuel 7:16, Mateus 1:1].
33. O Messias viria para todos os povos [2 Samuel 22:50, Romanos 15:8-9].
34. O Messias seria a "Pedra" [ 2 Samuel 23:2-4a, 1 Coríntios 10:4].
35. O Messias seria como a "luz da manhã" [2 Samuel 23:2-4b, Apocalipse 22:16].

1 Crônicas

36. O Messias seria descendente de Judá [1 Crônicas 5:2, Lucas 3:23-33].
37. O Messias seria descendente de Davi [1 Crônicas 17:11-12a, Lucas 3:23-31].
38. O Trono do Messias seria eterno [1 Crônicas 17:11-12b, Lucas 1:32-33].
39. O Messias seria o Filho de Deus [1 Crônicas 17:13-14, Mateus 3:16-17].

Salmos

40. O Messias seria rejeitado pelos Gentios [Salmo 2:1 Atos, 4:25-28].
41. Líderes Políticos e religiosos conspirariam contra o Messias [Salmo 2:2, Mateus 26:3-4].
42. O Messias seria Rei [Salmo 2:6, João 12:12-13].
43. O Messias seria o Filho de Deus [Salmo 2:7a, Lucas 1:31-35].
44. O Messias declararia que ele era o Filho de Deus [Salmo 2:7b, João 9:35-37].
45. O Messias seria ressuscitado e coroado como Rei [Salmo 2:7c, Atos 13:30-33].
46. O Messias pediria a Deus pela Sua herança [Salmo 2:8a, João 17:4-24].
47. O Messias receberia autoridade sobre todos [Salmo 2:8b, Mateus 28:18].
48. O Messias seria o Filho de Deus [Salmo 2:12a, Mateus 17:5].
49. O Messias rejeitaria aqueles que não creram nele [Salmo 2:12b, João 3:36].
50. Crianças dariam louvor ao Messias [Salmo 8:2, Mateus 21:15-16].
51. Ao Messias seria dado autoridade sobre todas as coisas [Salmo 8:6, Mateus 28:18].
52. O Messias seria ressuscitado [Salmo 16:8-10a, Mateus 28:6].
53. O Corpo do Messias não seria exposto à corrupção [Salmo 16:8-10b, Atos 13:35-37].
54. O Messias seria exaltado á presença de Deus [Salmo 16:11, Atos 2:25-33].
55. O Messias viria para todos os povos [Salmo 18:49, Efésios 3:4-6].
56. O Messias clamaria a Deus [Salmo 22:1a, Mateus 27:46].
57. O Messias seria desamparado por Deus [Salmo 22:1b, Marcos 15:34].
58. O Messias, angustiado, oraria sem cessar [Salmo 22:2, Mateus 26:38-39].
59. O Messias seria desprezado [Salmo 22:6, Lucas 23:21-23].
60. O povo zombaria do Messias, meneando suas cabeças [Salmo 22:7, Mateus 27:39].
61. Escarnecedores diriam do Messias, “Confiou em Deus, livre-o agora” [" Salmo 22:8, Mateus 27:41-43].
62. O Messias teria ciência do seu Pai desde a sua mocidade [Salmo 22:9, Lucas 2:40].
63. O Messias seria chamado para o serviço de Deus desde o ventre [Salmo 22:10, Lucas 1:30-33].
64. O Messias seria abandonado pelos discípulos [Salmo 22:11, Marcos 14:50].
65. O Messias seria cercado por espíritos malignos [Salmo 22:12-13, Colossenses 2:15].
66. O Coração do Messias iria se partir, fluindo sangue e água [Salmo 22:14a, João 19:34].
67. O Messias seria crucificado [Salmo 22:14b, Mateus 27:35].
68. O Messias teria sede [Salmo 22:15a, João 19:28].
69. O Messias teria sede um pouco antes de sua morte [Salmo 22:15b, João 19:30].
70. O Messias seria cercado por gentios na sua crucificação [Salmo 22:16a, Lucas 23:36].
71. O Messias seria cercado por inimigos na sua crucificação [Salmo 22:16b, Mateus 27:41-43].
72. As mãos e os pés do Messias seriam transpassados [Salmo 22:16c, Mateus 27:38].
73. Nenhum dos ossos do Messias seria quebrado[Salmo 22:17a, João 19:32-33].
74. O povo fixaria os olhos no Messias durante a sua crucificação [Salmo 22:17b, Lucas 23:35].
75. As vestes do Messias seriam repartidas [Salmo 22:18a, João 19:23-24].
76. Sortes seriam lançadas pela roupa do Messias [Salmo 22:18b, João 19:23-24].
77. O ato expiatório do Messias possibilitaria aos crentes serem seus irmãos [Salmo 22:22, Hebreus 2:10-12].
78. Os inimigos do Messias tropeçariam e cairiam quando viessem por ele [Salmo 27:2, João 18:3-6].
79. O Messias seria acusado por falsas testemunhas [Salmo 27:12, Mateus 26:59-61].
80. O Messias bradaria "Nas tuas mãos encomendo o meu espírito" [Salmo 31:5, Lucas 23:46].
81. Haveriam planos para matar o Messias [Salmo 31:13, Mateus 27:1].
82. Nenhum dos ossos do Messias seria quebrado[Salmo 34:20, João 19:32-33].
83. O Messias seria acusado por falsas testemunhas [Salmo 35:11, Marcos 14:55-59].
84. O Messias seria odiado por muitos sem motivo [Salmo 35:19, João 18:19-23].
85. O Messias emudeceria diante de seus acusadores [Salmo 38:13-14, Mateus 26:62-63].
86. A auto-oferta do Messias substituiria todos os sacrifícios [Salmo 40:6-8a, Hebreus 10:10-13].
87. O Messias diria que as Escrituras testificam dele [Salmo 40:6-8b, Lucas 24:44].
88. O Messias viria para fazer a vontade de Deus [Salmo 40:7-8, João 5:30].
89. O Messias não ocultaria a sua missão da congregação [Salmo 40:9-10, Lucas 4:16-21].
90. O traidor do Messias seria um amigo com quem ele partiu pão [Salmo 41:9, Marcos 14:17-18].
91. O Messias falaria com uma mensagem de graça [Salmo 45:2, Lucas 4:22].
92. O Trono do Messias seria perpétuo [Salmo 45:6-7a, Lucas 1:31-33].
93. O Messias seria Deus [Salmo 45:6-7b, Hebreus 1:8-9].
94. O Messias agiria com retidão [Salmo 45:6-7c, João 5:30].
95. O Messias seria traído por um amigo [Salmo 55:12-14, Lucas 22:47-48].
96. O Messias ascenderia ao céu [Salmo 68:18a, Lucas 24:51].
97. O Messias daria dons aos homens [Salmo 68:18b, Mateus 10:1].
98. O Messias seria odiado por muitos sem motivo [Salmo 69:4, Lucas 23:13-22].
99. O Messias suportaria acusações, por amor a Deus [Salmo 69:7, Mateus 26:65-67].
100. O Messias seria rejeitado pelo seu povo [Salmo 69:8a, João 1:11].
101. Os irmãos do Messias não creriam nele [Salmo 69:8b, João 7:3-5].
102. O Messias se enfureceria pelo desrespeito para com o templo [Salmo 69:9a, João 2:13-17].
103. O Messias suportaria acusações, por amor a Deus [Salmo 69:9b, Romanos 15:3].
104. O coração do Messias iria se partir [Salmo 69:20a, João 19:34].
105. Os discípulos do Messias o abandonariam na sua hora de necessidade [Salmo 69:20b, Marcos 14:33-41].
106. Ao Messias seria oferecido fel e vinagre [Salmo 69:21a, Mateus 27:34].
107. O Messias teria sede [Salmo 69:21b, João 19:28].
108. O campo do oleiro ficaria desabitado [Salmo 69:25, Atos 1:16-20].
109. O Messias falaria em parábolas [Salmo 78:2, Mateus 13:34-35].
110. O Messias estaria à destra de Deus [Salmo 80:17, Atos 5:31].
111. O Messias seria descendente de Davi [Salmo 89:3-4, Mateus 1:1].
112. O Messias chamaria a Deus de “meu Pai” [Salmo 89:26, Mateus 11:27].
113. O Messias seria o “primogênito” de Deus [ Salmo 89:27, Marcos 16:6].
114. O Messias seria descendente de Davi [Salmo 89:29, Mateus 1:1].
115. O Messias seria descendente de Davi [Salmo 89:35-36, Mateus 1:1].
116. O Messias seria eterno [Salmo 102:25-27a, Colossenses 1:17].
117. O Messias seria o criador de todas as coisas [Salmo 102:25-27b, João 1:3].
118. O Messias seria acusado por falsas testemunhas [Salmo 109:2, João 18:29-30].
119. O Messias oraria pelos seus inimigos [Salmo 109:4, Lucas 23:34].
120. O traidor do Messias teria uma vida curta [Salmo 109:8a, Atos 1:16-18].
121. O traidor do Messias seria substituído [Salmo 109:8b, Atos 1:20-26].
122. O povo zombaria do Messias, meneando suas cabeças [Salmo 109:25, Marcos 15:29-30].
123. O Messias seria Senhor [Salmo 110:1a, Mateus 22:41-45].
124. O Messias estaria à destra de Deus [Salmo 110:1b, Marcos 16:19].
125. O Messias seria um sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque [Salmo 110:4, Hebreus 6:17-20].
126. O Messias estaria à destra de Deus [Salmo 110:5, 1 Pedro 3:21-22].
127. O Messias seria a "pedra" rejeitada por Israel [Salmo 118:22, Mateus 21:42-43].
128. O Messias viria em nome do Senhor [Salmo 118:26, Mateus 21:9].
129. O Messias seria descendente de Davi [Salmo 132:11, Mateus 1:1].
130. O Messias seria descendente de Davi [Salmo 132:17, Mateus 1:1].

Provérbios

131. O Messias seria oriundo da eternidade [Provérbios 8:22-23, João 17:5].
132. O Messias ascenderia e desceria do céu [Provérbios 30:4a, João 3:13].
133. Deus teria um Filho [Provérbios 30:4b, Mateus 3:16-17].

Isaías

134. Israel teria um coração endurecido contra o Messias [Isaías 6:9-10a, João 12:37-40].
135. O Messias falaria em parábolas [Isaías 6:9-10b, Mateus 13:13-15].
136. O Messias seria descendente de Davi [Isaías 7:13-14, Mateus 1:1].
137. O Messias nasceria de uma virgem [Isaías 7:14a, Lucas 1:34-35].
138. O Messias seria Emanuel, "Deus conosco." Isaías 7:14b, Mateus 1:21-23].
139. O Messias seria Deus [Isaías 7:14c, João 12:45].
140. O Messias seria uma "pedra de tropeço" para Israel [Isaías 8:14, Mateus 21:43-44].
141. O Messias ministraria na Galiléia [Isaías 9:1-2a, Mateus 4:12-17].
142. O Messias seria uma luz para os Gentios [Isaías 9:1-2b, Lucas 2:28-32].
143. O nascimento do Messias [Isaías 9:6a, Lucas 2:11].
144. O Messias seria o Filho de Deus [Isaías 9:6b, Lucas 1:35].
145. O Messias seria o "Maravilhoso Conselheiro" [Isaías 9:6c, João 7:46].
146. O Messias seria homem e Deus, o "Deus Forte" [Isaías 9:6d, João 10:30].
147. O Messias seria o "Pai da Eternidade" [Isaías 9:6e, Apocalipse 1:8].
148. O Messias seria o "Príncipe da Paz" [Isaías 9:6f, Colossenses 1:20].
149. O Messias seria descendente de Jessé [Isaías 11:1a, Lucas 3:23-32].
150. O Messias cresceria em uma família pobre [Isaías 11:1b, Lucas 2:7].
151. O Messias cresceria em Nazaré [Isaías 11:1c, Mateus 2:21-23].
152. O Messias teria o Espírito de Deus sobre ele [Isaías 11:2a, Mateus 3:16-17].
153. O Messias teria o Espírito de Sabedoria [Isaías 11:2b, Lucas 2:40].
154. O Messias teria o Espírito de Entendimento [Isaías 11:2c, Lucas 2:40].
155. O Messias teria o Espírito de Conselho [Isaías 11:2d, Mateus 7:28-29].
156. O Messias teria o Espírito de Fortaleza [Isaías 11:2e, Mateus 8:27].
157. O Messias teria o Espírito de Conhecimento do Senhor [Isaías 11:2f, João 7:29].
158. O Messias teria o Espírito de Temor do Senhor [Isaías 11:2g, Hebreus 5:7].
159. O Messias teria um intenso entendimento no temor do Senhor [Isaías 11:3a, Lucas 2:46-47].
160. O Messias não julgaria com base em representações externas [Isaías 11:3b, João 7:24].
161. O Messias julgaria os pobres com justiça [Isaías 11:4, Marcos 12:41-44].
162. O Messias seria descendente de Jessé [Isaías 11:10a, Lucas 3:23-32].
163. O Messias viria para todos os povos [Isaías 11:10b, Atos 13:47-48].
164. O Messias teria a chave de Davi [Isaías 22:22, Apocalipse 3:7].
165. O Messias derrotaria a morte [Isaías 25:8, Apocalipse 1:18].
166. Outros ressurgiriam à vida na ressurreição do Messias [Isaías 26:19, Mateus 27:52-53].
167. O Messias seria a pedra de esquina [Isaías 28:16, 1 Peter 2:4-6].
168. O Messias curaria o cego [Isaías 35:5a, Marcos 10:51-52].
169. O Messias curaria o surdo [Isaías 35:5b, Marcos 7:32-35].
170. O Messias curaria o coxo [Isaías 35:6a, Mateus 12:10-13].
171. O Messias curaria o mudo [Isaías 35:6b, Mateus 9:32-33].
172. O precursor do Messias viveria no deserto [Isaías 40:3a, Mateus 3:1-4].
173. O precursor prepararia o povo para a vinda do Messias [Isaías 40:3b, Lucas 1:17].
174. O Messias seria Deus [Isaías 40:3c, João 10:30].
175. O Messias seria como um pastor [Isaías 40:11, João 10:11].
176. O Messias seria o servo de Deus [Isaías 42:1a, João 4:34].
177. O Messias teria o Espírito de Deus sobre ele [Isaías 42:1b, Mateus 3:16-17].
178. O Messias agradaria a Deus [Isaías 42:1c, Mateus 3:16-17].
179. O Messias não chamaria atenção para si próprio [Isaías 42:2, Mateus 12:15-21].
180. O Messias teria compaixão dos pobres e necessitados [Isaías 42:3, Mateus 11:4-5].
181. O Messias receberia orientação de Deus [Isaías 42:6a, João 5:19-20].
182. O Messias seria guardado por Deus [Isaías 42:6b, João 8:29].
183. O Messias seria a nova aliança [Isaías 42:6c, Mateus 26:28].
184. O Messias seria uma luz para os Gentios [Isaías 42:6d, João 8:12].
185. O Messias curaria o cego [Isaías 42:7, Mateus 9:27-30].
186. O Messias seria oriundo da eternidade [Isaías 48:16a, João 1:1-2].
187. O Messias seria enviado por Deus [Isaías 48:16b, João 7:29].
188. O Messias viria para todos os povos [Isaías 49:1a, 1 Timóteo 2:4-6].
189. O Messias seria chamado para o serviço de Deus desde o ventre [Isaías 49:1b, Mateus 1:20-21].
190. O Messias seria chamado pelo seu nome antes de nascer [Isaías 49:1c, Lucas 1:30-31].
191. As palavras do Messias seriam como uma espada aguda [Isaías 49:2a, Apocalipse 2:12-16].
192. O Messias seria protegido por Deus [Isaías 49:2b, Mateus 2:13-15].
193. O Messias seria responsável pelo juízo da humanidade [Isaías 49:2c, João 5:22-29].
194. O Messias seria o servo de Deus [Isaías 49:3a, João 17:4].
195. A obra do Messias glorificaria a Deus [Isaías 49:3b, Mateus 15:30-31].
196. O Messias seria afligido pela incredulidade de Israel [Isaías 49:4, Lucas 19:41-42].
197. O Messias seria o servo de Deus [Isaías 49:5a, João 6:38].
198. O Messias viria para trazer Israel de volta para Deus [Isaías 49:5b, Mateus 15:24].
199. O Messias seria o servo de Deus [Isaías 49:6a, João 12:49-50].
200. O Messias seria uma luz para os Gentios [Isaías 49:6b, Atos 13:47-48].
201. O Messias seria desprezado [Isaías 49:7, João 10:20].
202. O Messias falaria com sabedoria dada a ele por Deus [Isaías 50:4, João 12:49].
203. O Messias não seria rebelde à vontade de Deus [Isaías 50:5, João 12:27].
204. As costas do Messias seria açoitada [Isaías 50:6a, Mateus 27:26].
205. O Messias teria a sua face esbofeteada e cuspida [Isaías 50:6b, Mateus 26:67].
206. O Messias direcionaria firmemente sua face para a sua missão [Isaías 50:7, Lucas 9:51-53].
207. O Messias seria justificado pela sua retidão [Isaías 50:8, 1 Timóteo 3:16].
208. O Messias colocaria a sua confiança em Deus [Isaías 50:8-10, João 11:7-10].
209. O Messias seria o servo de Deus [Isaías 52:13a, João 9:4].
210. O Messias seria grandemente exaltado [Isaías 52:13b, Filipenses 2:9-11].
211. A face do Messias seria desfigurada por meio de batidas violentas [Isaías 52:14, Mateus 26:67-68].
212. O sangue do Messias seria derramado para fazer expiação por todos os pecados [Isaías 52:15, Apocalipse 1:5].
213. O povo do Messias não creria que ele fosse o Cristo [Isaías 53:1, João 12:37-38].
214. O Messias cresceria em Nazaré [Isaías 53:2a, Mateus 2:21-23].
215. O Messias teria a aparência de um homem ordinário [Isaías 53:2b, Filipenses 2:7-8].
216. O Messias seria desprezado [Isaías 53:3a, Lucas 4:28-29].
217. O Messias seria rejeitado [Isaías 53:3b, Mateus 27:21-23].
218. O Messias possuiria grande dor e tristeza [Isaías 53:3c, Lucas 19:41-42].
219. Homens evitariam associações com o Messias [Isaías 53:3d, Marcos 14:50-52].
220. O Messias teria um ministério de cura [Isaías 53:4a, Lucas 6:17-19].
221. O Messias carregaria e suportaria sobre si os pecados do mundo [Isaías 53:4b, 1 Pedro 2:24].
222. Pensariam que o Messias tivesse sido amaldiçoado por Deus [Isaías 53:4c, Mateus 27:41-43].
223. O Messias suportaria a punição pelos pecados da humanidade [Isaías 53:5a, Lucas 23:33].
224. O sacrifício do Messias proveria paz entre Deus e o homem [Isaías 53:5b, Colossenses 1:20].
225. As costas do Messias seria açoitada [Isaías 53:5c, Mateus 27:26].
226. O Messias seria, para toda a humanidade, o “carregador-dos-pecados” [Isaías 53:6, Gálatas 1:4].
227. O Messias seria oprimido e afligido [Isaías 53:7a, Mateus 27:27-31].
228. O Messias estaria calado perante seus acusadores [Isaías 53:7b, Mateus 27:12-14].
229. O Messias seria como um cordeiro de sacrifício [Isaías 53:7c, João 1:29].
230. O Messias seria preso e atormentado [Isaías 53:8a, Mateus 26:47-27:31].
231. O Messias seria julgado [Isaías 53:8b, João 18:13-22].
232. O Messias seria morto [Isaías 53:8c, Mateus 27:35].
233. O Messias morreria pelos pecados do mundo [Isaías 53:8d, 1 João 2:2].
234. O Messias seria sepultado no túmulo de um rico [Isaías 53:9a, Mateus 27:57].
235. O Messias seria inocente e não cometeria injúria [Isaías 53:9b, Marcos 15:3].
236. O Messias não possuiria engano em sua boca [Isaías 53:9c, João 18:38].
237. Era a vontade de Deus que o Messias morresse por toda a humanidade [Isaías 53:10a, João 18:11].
238. O Messias seria uma oferta pelo pecado [Isaías 53:10b, Mateus 20:28].
239. O Messias ressuscitaria e viveria para sempre [Isaías 53:10c, Marcos 16:16].
240. O Messias prosperaria [Isaías 53:10d, João 17:1-5].
241.Deus ficaria plenamente satisfeito com o sofrimento do Messias [Isaías 53:11a, João 12:27].
242. O Messias seria o servo de Deus [Isaías 53:11b, Romanos 5:18-19].
243. O Messias justificaria o homem perante Deus [Isaías 53:11c, Romanos 5:8-9].
244. O Messias seria, para toda a humanidade, o “carregador-dos-pecados” [Isaías 53:11d, Hebreus 9:28].
245. Por causa do seu sacrifício, o Messias seria grandemente exaltado por Deus [Isaías 53:12a, Mateus 28:18].
246. O Messias entregaria a sua vida para salvar a humanidade [Isaías 53:12b, Lucas 23:46].
247. O Messias seria ajuntado com os malfeitores [Isaías 53:12c, Lucas 23:32].
248. O Messias seria, para toda a humanidade, o “carregador-dos-pecados” [Isaías 53:12d, 2 Coríntios 5:21].
249. O Messias intercederia a Deus em favor da humanidade [Isaías 53:12e, Lucas 23:34].
250. O Messias seria ressuscitado por Deus [Isaías 55:3, Atos 13:34].
251. O Messias seria uma testemunha [Isaías 55:4, João 18:37].
252. O Messias viria para prover salvação [Isaías 59:15-16a, João 6:40].
253. O Messias seria o intercessor entre Deus e o homem [Isaías 59:15-16b, Mateus 10:32-33].
254. O Messias viria a Sião como o seu Redentor [Isaías 59:20, Lucas 2:38].
255. O Messias teria o Espírito de Deus sobre ele [Isaías 61:1, Mateus 3:16-17].
256. O Messias pregaria as boas novas [Isaías 61:1-2, Lucas 4:18-21].
257. O Messias viria para prover salvação [Isaías 63:5, João 3:17].
258. O Messias seria achado por um povo que não o buscava [Isaías 65:1, Mateus 15:22-28].
259. O Messias seria rejeitado por Israel [Isaías 65:2, João 5:37-40].

Jeremias

260. O Messias seria descendente de Davi [Jeremias 23:5, Lucas 3:23-31].
261. O Messias seria Senhor [Jeremias 23:6, João 13:13].
262. Crianças morreriam durante uma tentativa de matar o Messias [Jeremias 31:15, Mateus 2:16].
263. O Messias nasceria de uma virgem [Jeremias 31:22, Mateus 1:18-20].
264. O Messias seria a nova aliança [Jeremias 31:31, Mateus 26:28].
265. O Messias seria descendente de Davi [Jeremias 33:14-15, Lucas 3:23-31].


Lamentações

266. O Messias seria golpeado na face [Lamentações 3:30, João 18:22].

Ezequiel

267. O Messias seria descendente de Davi [Ezequiel 17:22-24, Lucas 3:23-31].
268. O Messias seria descendente de Davi [Ezequiel 34:23-24, Mateus 1:1].

Daniel

269. O Messias ascenderia ao céu [Daniel 7:13-14a, Atos 1:9-11].
270. O Messias seria altamente exaltado [Daniel 7:13-14b, Efésios 1:20-22].
271. O domínio do Messias seria eterno [Daniel 7:13-14c, Lucas 1:31-33].
272. O Messias viria para dar fim aos pecados [Daniel 9:24a, Gálatas 1:3-5].
273. O Messias seria santo [Daniel 9:24b, Lucas 1:35].
274. O Messias seria anunciado ao seu povo 483 anos após o dia exato do decreto para a reedificação da cidade de Jerusalém [Daniel 9:25, João 12:12-13].
275. O Messias seria morto [Daniel 9:26a, Mateus 27:35].
276. O Messias morreria pelos pecados do mundo [Daniel 9:26b, Hebreus 2:9].
277. O Messias seria morto antes da destruição do templo [Daniel 9:26c, Mateus 27:50-51].
278. Uma visão do Messias em estado glorificado [Daniel 10:5-6, Apocalipse 1:13-16].

Oséias

279. O Messias seria o Filho de Deus [Oséias 11:1a, Mateus 2:13-15].
280. O Messias seria chamado do Egito [Oséias 11:1b, Mateus 2:13-15].
281. O Messias venceria a morte [Oséias 13:14, 1 Coríntios 15:55-57].

Joel

282. O Messias ofereceria a salvação para todos [Joel 2:32, Romanos 10:12-13].

Amós

283. Deus faria com que o céu se escurecesse ao meio-dia [Amós 8:9, Mateus 27:45-46].

Miquéias

284. O Messias nasceria em Belém [Miquéias 5:2a, Mateus 2:1-2].
285. O Messias seria o servo de Deus [Miquéias 5:2b, João 15:10].
286. O Messias seria oriundo da eternidade [Miquéias 5:2c, Apocalipse 1:8].

Ageu

287. O Messias visitaria o Segundo Templo [Ageu 2:6-9, Lucas 2:27-32].
288. O Messias seria descendente de Zorobabel [Ageu 2:23, Lucas 3:23-27].

Zacarias

289. O Messias seria Deus na forma de homem e habitaria entre o seu povo [Zacarias 2:10-11a, João 1:14].
290. O Messias seria enviado por Deus [Zacarias 2:10-11b, João 8:18-19].
291. O Messias seria descendente de Zorobabel [Zacarias 3:8a, Lucas 3:23-27].
292. O Messias seria o servo de Deus [Zacarias 3:8b, João 17:4].
293. O Messias seria Sacerdote e Rei [Zacarias 6:12-13, Hebreus 8:1].
294. O Messias seria recebido com alegria em Jerusalém [Zacarias 9:9a, Mateus 21:8-10].
295. O Messias seria visto como Rei [Zacarias 9:9b, João 12:12-13].
296. O Messias seria justo [Zacarias 9:9c, João 5:30].
297. O Messias traria salvação [Zacarias 9:9d, Lucas 19:10].
298. O Messias seria humilde [Zacarias 9:9e, Mateus 11:29].
299. O Messias seria apresentado a Jerusalém montado num jumento [Zacarias 9:9f, Mateus 21:6-9].
300. O Messias seria a pedra de esquina [Zacarias 10:4, Efésios 2:20].
301. A rejeição do Messias faria com que Deus removesse Sua proteção sobre Israel [Zacarias 11:10, Lucas 19:41-44].
302. O Messias seria traído por trinta moedas de prata [Zacarias 11:12, Mateus 26:14-15].
303. Trinta moedas de prata seriam lançadas na casa do Senhor [Zacarias 11:13a, Mateus 27:3-5].
304. Trinta moedas de prata seriam usadas para comprar o campo do oleiro [Zacarias 11:13b, Mateus 27:6-7].
305. O corpo do Messias seria transpassado [Zacarias 12:10, João 19:34].
306. O Messias seria um com Deus [Zacarias 13:7a, João 14:9].
307. Os discípulos do Messias se dispersariam [Zacarias 13:7b, Mateus 26:31-56].

Malaquias

308. Um mensageiro prepararia o caminho para o Messias [Malaquias 3:1a, Mateus 11:10].
309. O Messias apareceria subitamente no templo [Malaquias 3:1b, Marcos 11:15-16].
310. O Messias seria o mensageiro da nova aliança [Malaquias 3:1c, Lucas 4:43].
311. O precursor do Messias viria no espírito de Elias [Malaquias 4:5, Mateus 3:1-2].
312. O precursor do Messias converteria muitos à eqüidade [Malaquias 4:6, Lucas 1:16-17].


Copiado de: http://67.131.250.98/~helio/Cristologia/ProfMessianicasCumpridas-Biblicist.htm














domingo, 10 de outubro de 2010

Segue-me



"E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo, e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá, e te levará para onde tu não queiras.E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isto, disse-lhe: Segue-me." João 21: 15-19




O chamado para seguir a Jesus é uma chamado para servir assim como Ele serviu. Podemos servir a Deus a todo momento ; em nossa casa: ao desempenhar com esmero minha função na família como pai, mãe, esposo(a) e filho(a) e irmão (ã) ; no trabalho: ao desempenhar tarefas com colaboradores, líderes ou parceiros; no estudo: buscando o bem comum e colaborar com professores e colegas de classe. Até mesmo quando estamos na rua podemos servir a Deus e estar representando bem o Seu Reino. Em todo o tempo nas pequenas coisas estamos anunciando a palavra de Deus com nossos atos e principalmente com nossas reações.

Ao tornarnos crentes em Jesus Cristo ele nos chama para sermos seus discípulos. Ser discípulo segundo o dicionário Aurélio que dizer: “O que recebe disciplina ou instrução de outro; aluno. / Pessoa que adota uma doutrina. / O que segue as idéias ou imita os exemplos de outro.” Para seguir as idéias de Jesus temos que abrir mão de nossas idéias de nossos conceitos e preconceitos. Jesus disse: “Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.” Lucas 14:33.



"E chegaram ao lugar que Deus lhe dissera, e edificou Abraão ali um altar e pôs em ordem a lenha, e amarrou a Isaque seu filho, e deitou-o sobre o altar em cima da lenha.
E estendeu Abraão a sua mão, e tomou o cutelo para imolar o seu filho;
Mas o anjo do SENHOR lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui.Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho." Genesis 22:6-12





"E disse: Por mim mesmo jurei, diz o SENHOR: Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único filho, Que deveras te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos;E em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz." Genesis 22:16-18



Parte do novo nascimento está em abrir mão de suas idéias e concepções: de Deus, das pessoas e do mundo para seguir aquelas que foram estabelecidas pelo mestre e pelo Espírito Santo da promessa. Andar sendo guiado pelo Espírito de Deus é estar disposto a negar a si mesmo para fazer a Sua vontade. Aprendamos com Abraão o Pai da fé: obedecer é melhor que sacrificar. E com Paulo: ” Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” Gálatas 2:20. De Cristo recebemos o exemplo máximo de obediencia pois ele “E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.” Filipenses 2:8. Por isso se queremos servir a Deus temos que estar dispostos a ser servos uns dos outros. Não colocando fardos pesados sobre irmãos mas dispostos a servir e em todo tipo de trabalho com a mesma dedicação. Dando assim o exemplo como Cristo nos ensinou: E ele lhes disse: “Os reis dos gentios dominam sobre eles, e os que têm autoridade sobre eles são chamados benfeitores. Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve.” Lucas 22:25-26.Ao asumir un cargo, um emprego, um filho, uma esposa ou esposo, uma empresa ou qualquer pessoa ou coisa deste mundo temos que estar dispostos a assumi-lo e também a abrir mão dele (a) quando o Senhor requer isso de nós.

O caminho tem que ser o do crescimento da obra de Deus: novos frutos, desafios, sujeitar a terra - o que nos fazem cumprir a ordem de Deus: “E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a;...” Génesis 1:28a. Como a nossa luta não é contra a carne ou o sangue, Efésios 6, temos que buscar os dons de Deus para termos a direção de Deus em todas as decisões de nossas vidas: Deus, família, igreja, casa, trabalho,estudos. Somente o Espírito Santo sabe discernir e escolher a pessoa mais preparada para ocupar um cargo. Nos orientar numa decisão importante a tomar.

Nisso os dons de profecia, visão, revelação, linguas, interpretação de linguas entre outros dons tem papel fundamental dentro da igreja para estabelecer a vontade do Senhor. Porque Deus discerne as intenções do coração. Em Hebreus 4:12b  diz: “não vê como o homem vê" "o SENHOR olha para o coração” 1 Samuel 16:7. Não temos como enganar a Deus ele sabe a capacidade e limitações de cada um. Mas o maior trunfo de um homem não está em sua capacidade mas em conhecer e confiar Naquele que o capacita: O SENHOR; e para isso tem que ser valente. Porque a vitória não é do forte mas do valente. Pois há que ser valente para obedecer o chamado do mestre: “Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará. “ Marcos 8:35. Renuncia para obedecer o seu chamado disso nos fala esse versiculo de Marcos. Qual o chamado de Deus para a tua vida? O que ele tem prometido especificamente para você? Será que você sabe? O que você precisa abrir mão ou fazer para receber uma benção específica de Deus? Qual é a pedra que você precisa tirar para ver o TEU MILAGRE acontecer.



“Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias. Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus? Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste. E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.” João 21:39-45.


Delegar


Confiar

"Algum tempo depois, o número de judeus que se tornaram seguidores de Jesus aumentou muito, e os que tinham sido criados fora da terra de Israel começaram a se queixar dos que tinham sido criados em Israel. A queixa deles era que as viúvas do seu grupo estavam sendo esquecidas na distribuição diária de dinheiro.
Então os doze apóstolos reuniram todo o grupo de seguidores e disseram: —Não está certo nós deixarmos de anunciar a palavra de Deus para tratarmos de dinheiro.
Por isso, irmãos, escolham entre vocês sete homens de confiança, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, e nós entregaremos esse serviço a eles.
Assim nós poderemos continuar usando todo o nosso tempo na oração e no trabalho de anunciar a palavra de Deus.
Todos concordaram com a proposta dos apóstolos. Então escolheram Estêvão, um homem cheio de fé e do Espírito Santo, e também Filipe, Prócoro, Nicanor, Timom, Pármenas e Nicolau de Antioquia, um não-judeu que antes tinha se convertido ao Judaísmo.
Esses homens foram levados aos apóstolos, que oraram e puseram as mãos sobre a cabeça deles." Atos 6:1-6




"Agora escute o meu conselho, e Deus o ajudará. Está certo que você represente o povo diante de Deus e também que leve a ele os problemas deles.
Você deve ensinar-lhes as leis de Deus e explicar o que devem fazer e como devem viver.
Mas você deve escolher alguns homens capazes e colocá-los como chefes do povo: chefes de mil, de cem, de cinqüenta e de dez. Devem ser homens que temam a Deus, que mereçam confiança e que sejam honestos em tudo.
Serão eles que sempre julgarão as questões do povo. Os casos mais difíceis serão trazidos a você, mas os mais fáceis eles mesmos poderão resolver. Assim será melhor para você, pois eles o ajudarão nesse trabalho pesado.
Se você fizer isso, e se for essa a ordem de Deus, você não ficará cansado, e todas essas pessoas poderão ir para casa com as suas questões resolvidas.
Moisés aceitou o conselho de Jetro"  Êxodo 18: 19-24



E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém


Ultimamente tenho ouvido muito a seguinte frase " A união traz poder " como sendo a essencia do evangelho mas  pergunto e quanto a unidade e quanto a delegar o poder,  em distribui-lo?
Jesus nos ensinou a arte de delegar quando desafiou aos seus discípulos alimentar uma multidão, a ir pelas aldeias curando e libertando os cativos, ao mandar Pedro e os outros lançarem a rede, ao preparar a última ceia, e etc... Os apóstolos aprenderam com o Mestre e quando os primeiros cristãos se reunião: " todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar." Atos 2:44-47.
Moisés aprendeu com seu sogro que ao delegar, ao repartir a sua tarefa de liderar traria alegria e satisfação para ele e para o povo.
A palavra unidade significa: Combinação de esforços e de pensamentos;Qualidade do que é um ou único; Harmonia do conjunto. Creio que na arte de delegar gera a unidade que traz   a harmonia , alegria  e  crescimento como na vida dos primeiros cristãos.
Divisão significa : Repartição, distribuição, partilha, Cada uma das partes distintas em que se divide um todo. Foi para fazer acontecer de uma forma eficaz a divisão dos recursos  entre os seguidores de Jesus que os apóstolos delegaram o serviço a sete auxiliares escolhidos pela igreja, podendo assim atender a todos e o crescimento da Palavra e  o número dos seguidores de Jesus aumentava.
Creio que a divisão também traz poder e crescimento.  O delegar traz alegria e satisfação.



"Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne?"
Isaías 58:7

domingo, 3 de outubro de 2010

Qual é o seu nome ?

“HE HEYEH”
Eu Sou o que Sou



"Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me disserem: Qual é o seu nome? Que lhes direi?
E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós."  Êxodo 3:13 e14

Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?
 Mateus 16:15




Moisés queria saber como ele deveria responder ao povo sobre qual o nome do Deus de seus antepassados e o Senhor respondeu : EU SOU.
Jesus  perguntou aos seus discípulos o que os homens diziam a respeito de quem Ele era.
E você já sabe quem é o Eterno?
Para Moisés o Senhor se revelou como“HE HEYEH” vem do verbo Hebriaco (Ahayao), que significa “ser”, “estar”, “existir”, “tornar-se” e “acontecer”. Este verbo que parece no texto hebraico é utilizado pelo Eterno em ( Êxodo 3:14 ) (EU SOU O QUE SOU, SEREI O QUE SEREI, VOU SER O QUE VOU SER – Compreende passado, presente e futuro)”. Esta revelação do Eterno para Moisés tem um significado tremendo. Um homem de oitenta anos que era um fugitivo na terra de Midiã. Em seu passado no Egito apesar de ser um herdeiro  do reino , ele era filho adotivo da princesa do Egito, ao ver uma atutude injusta de um egípcio maltratando um hebreu , povo de seus pais legítimos, partiu em defesa do servo maltratado em seu ímpeto de executar justiça comete assassinato. Além disso ocultou o cadáver  e ao ser descoberto recebe a sentença de morte por parte de Faraó. Móisés  a partir daquele  momento torna-se um fugitivo e parte para a terra de Midiã; lá começa uma nova vida, casa-se tem filhos, torna-se pastor e tenta esquecer de tudo que havia em seu passado.
Quantas vezes fazemos como Moíses fugimos do nosso passado, de nós mesmos, da responsábilidade que implica estar vivo e escolher o bem e o mal. Alguns para esta fuga utilizam drogas, outros tentam mudar seu corpo, outros tentam mudar de endereço, estado, país, outros crian fugas mentais, mundos paralelos, outros mergulham nas crença religiosas ou na ciência, dentre outros tipos de escape que nós procuramos e que algumas vezes parecem funcionar, dando a senssação de que de alguma forma conseguimos.
O interessante desta narrativa na Biblia é que o autor não esconde o passado de Moísés, e Moisés não consegue esconder-se do Deus de seus antepassados, marcando um ponto final na sua tragetória de fuga. O Eterno se revela e chama o fugitivo Moisés pelo nome ," bradou Deus a ele do meio da sarça, e disse: Moisés, Moisés. Respondeu ele: Eis-me aqui." Ex. 3:4b. Daquele momento em diante a vida de Móisés não seria a mesma. Ele conheceria o Deus do tempo, na verdade o dono e criador do tempo. Deus este  que conhecia o passado do menino que foi tirado das águas, e que libertaria o povo de Israel das mãos do Egito e demostraria Seu poder sobre a natureza, a vida e a morte e como vitória total sobre as águas na atravessia  do Mar Vermelho pelo povo de Israel.
Moíses tinha um chamado para ser instrumento de Justiça e Libertação no plano do Eterno para o povo de Israel e deste chamado ele não pode fugir, pois o EU SOU o buscou no deserto e o capacitou com poder sobrenatural para cumprir sua missão.
Jesus é o nosso libertador , ele demostrou o seu poder , amor, autoridade e divindade, foi rejeitado e morto na cruz, mas ressucitou e demostrou ao mundo que Ele é o Vencedor.


Moíses conheceu o nome do Deus de seus antepassados , a grandeza e o poderio do grande EU SOU, nós podemos também conhece-lo e não mas fugir de tudo e de todos que de alguma forma nos maltratam, exploram, excluem, matam. Pois a presença do grande EU SOU esta em todos aqueles que dizem eis me aqui a Jesus como Remidor e Senhor de seu passado presente e futuro.

Moises recebeu uma ordem de Deus : "E o SENHOR disse-lhe: Que é isso na tua mão? E ele disse: Uma vara.E ele disse: Lança-a na terra. Ele a lançou na terra, e tornou-se em cobra; e Moisés fugia dela. Então disse o SENHOR a Moisés: Estende a tua mão e pega-lhe pela cauda. E estendeu sua mão, e pegou-lhe pela cauda, e tornou-se em vara na sua mão;" Êxodo 4:2-4
Jesus quando foi crucificado no madeiro levou sobre si as nossas transgressões e naquele momento da cruz recebeu todos os pecados de todos os que creram em seu Nome em todos os tempos. Naquele momento naquela cruz foram crucificados os nossos pecados e condenado satanás: a velha serpente. Após a sua morte o seu corpo foi retirado de lá e em três dias ocorreu a Sua ressureição como Ele havia dito. Todo pastor em Israel na época de estigem levava as ovelhas para as mesas, que é um terreno plano em certa altitude ou planalto, onde havia pastos tenrros para as ovelhas. O pastor avançava primeiro e inpecionava o pasto retirando cobras, escorpiões e todo animal peçonhento que pudesse representar perigo para as ovelhas. Esses animais eram levantados e pregados enm uma árvore (madeiro) para não contaminar o pasto e pudessem ser ingeridos depois de mortos por uma ovelha. É disso que fala o salmo 23: "Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos..."Salmos 23:5b Ou seja as cobras e escorpiões após mortos "viam" as ovelhas no cuidado do pastor: derramando a unção (cura, saúde e imunidade) e o cálice transbordante (alimento, fartura, sobejo).

É interessante notar que Moisés guiou o povo como um rebanho pelo deserto. Davi era também pastor de Israel e de sua linhagem temos a Jesus O Bom Pastor. Esse como O Pastor Definitivo: perfeito e imaculado, pois antes dele, como todo ser humano pecador, todos foram ladrões e salteadores: Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não os ouviram. João 10:8


 

Eu sou o pão da vida. João 6:48

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. João 15:1

Jesus disse-lhe: Eu o sou, eu que falo contigo. João 4:26



Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. João 10:14

E eu respondi: Quem és, Senhor? E disse-me: Eu sou Jesus Nazareno, a quem tu persegues. Atos 22:8



Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou. João 8:58

Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas. João 10:7

Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. João 10:11

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; João 11:25

Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro. Apocalipse 22:13

Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. João 10:9

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã. Apocalipse 22:16

Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. João 13:13