A Paz do Senhor Jesus!

A Paz do Senhor Jesus! Seja bem vindo. Assista nossos vídeos:



Loading...

quinta-feira, 29 de março de 2012

Namã é curado da lepra


E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu SENHOR, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso. E saíram tropas da Síria, da terra de Israel, e levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã. E disse esta à sua senhora: Antes o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra.
Então foi Naamã e notificou ao seu senhor, dizendo: Assim e assim falou a menina que é da terra de Israel.
2 Reis 5:1-5

Então Geazi, servo de Eliseu, homem de Deus, disse: Eis que meu senhor poupou a este sírio Naamã, não recebendo da sua mão alguma coisa do que trazia; porém, vive o SENHOR que hei de correr atrás dele, e receber dele alguma coisa. E foi Geazi a alcançar Naamã; e Naamã, vendo que corria atrás dele, desceu do carro a encontrá-lo, e disse-lhe: Vai tudo bem?
E ele disse: Tudo vai bem; meu senhor me mandou dizer: Eis que agora mesmo vieram a mim dois jovens dos filhos dos profetas da montanha de Efraim; dá-lhes, pois, um talento de prata e duas mudas de roupas. E disse Naamã: Sê servido tomar dois talentos. E instou com ele, e amarrou dois talentos de prata em dois sacos, com duas mudas de roupas; e pô-los sobre dois dos seus servos, os quais os levaram diante dele. E, chegando ele a certa altura, tomou-os das suas mãos, e os depositou na casa; e despediu aqueles homens, e foram-se.
Então ele entrou, e pôs-se diante de seu senhor. E disse-lhe Eliseu: Donde vens, Geazi? E disse: Teu servo não foi nem a uma nem a outra parte. Porém ele lhe disse: Porventura não foi contigo o meu coração, quando aquele homem voltou do seu carro a encontrar-te? Era a ocasião para receberes prata, e para tomares roupas, olivais e vinhas, ovelhas e bois, servos e servas?
Portanto a lepra de Naamã se pegará a ti e à tua descendência para sempre. Então saiu de diante dele leproso, branco como a neve. 2 Reis 5:20-27

Nesta história bíblica de 2 Reis 5 temos duas histórias de pessoas com diferentes comportamentos.  Uma de certa menina israelita serva em terra estrangeira na terra da Síria. Ela tinha uma fé profunda e arraigada que mesmo em terra estrangeira não esmoerecia. Cria de todo coração no Deus eterno restaurador de veredas. O Deus que tem poder para curar aquilo que parece impossível.
Na época a lepra, chamada atualmente de hansenise, não possuía cura ou tratamento. Em meio ao povo judeu a pessoa com lepra era excluída do convívio social. A lepra era tida como algo imundo segundo a lei e símbolo da contaminação. A pessoa contaminada era repudiada e afastada do convívio social. Se andasse no meio do povo deveria gritar “LEPROSO!!! LEPROSO!!!” sob o risco de ser apedrejada se assim não o fizesse.



Vemos que essa menina, que a bíblia não cita nem mesmo o nome, tinha um profundo amor a Deus. Não se revoltara com sua situação de exílio em terra estranha e escravidão mas possuía um desejo de glorificar a Deus em toda situação. Na vida de seu senhor ela glorificava a Deus e declarava os seus feitos esperando nas suas promessas. Nesse caminho de prova ela florecia e fritificava: frutos de cura e cura da alma. O aroma do frescor da água do restaurador de veredas chegou ao conhecimento do seu senhor naquela terra. A certeza profunda de sua fé tocou o coração do rei. O testemunho da menina alicersaram a fé do soldado na dependência em alguém que podia fazer o que ninguém poderia. Isto o levou a se preparar para uma grande empreitada. Viajar naquela época não era como nos dias de hoje e distancia que separam a Síria da terra de Israel era uma viagem de muitos dias em lombo de animais. Mesmo assim ouve um processo de crescimento em dependência e humildade do homem frente ao seu criador. Este processo crescimento da fé e diminuição do homem culminou quando Naamã obedecendo a palavra do profeta tomou sete banhos nas águas barrentas do Jordão para ser purificado. Então o nome de Deus foi glorificado na vida de Naamã, e ele ficou curado.

Há situaçãoes na vida que a saída apontada por Deus parece ser de humilhação e derrota. Porém “Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.” 1 Samuel 15:2. O caração humilde o senhor exalta Salmos 24:3-4. Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis.

Surge na história então a figura de Geazi: o servo do profeta. Por ser servo de um homem de Deus era de se esperar um coração mais temente e humilde diante de Deus. Preocupado em exaltar o seu nome. Mas não é isso que se passa no coração de Geazi. Sua ambição leva-o a tentar comercializar a fé do capitão do rei da Assíria. Leva-o a tentar tirar vantagem de sua função e posição social em benefício próprio.
Hoje diante do capitão do Senhor dos exércitos do Senhor há muitos geazis e muitas meninas servas de nome desconhecido. Mas o senhor conhece o coração de suas servas que como criancinhas o buscam e o adoram. Elas falam com inteireza de coração das maravilhas do Senhor quando vêm alguém com necessidade. Destas o senhor se agrada e saem justificadas de sua presença. Porém há muitos geazis também, desculpe-me meu irmão: e que dizem ser igreja de Deus . Buscam somente glorificar suas vidas e não a Deus na vida dos seus irmãos e forasteiros. Aquele homem tinha uma imagem de querer agradar ao profeta de Deus. De que tudo era feito buscando uma compensação financeira. Deus o surpreendeu ao usar seu profeta para despedi-lo com todo o seu ouro, sua prata e seus vestidos. O favor de Deus não pode ser comprado é graça: favor inmerecido. “de graça recebestes, de graça dai “ disse Jesus em Mateus 10:8. Hoje a igreja de Deus somos nós: servos de nosso Senhor e salvador Jesus Cristo. Temos a missão de anunciar o nome do Senhor por onde quer que andemos e em todas as situações. Não devemos ter nossas vidas por preciosas mas devemos em tudo amar nosso próximo como a nós mesmos. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. 1 Corintios 13:4. Devemos em todas as situações intentar fazer somente aquilo que gostaríamos que fizessem a nós mesmos. Não digo que não devemos corrigir com amor pois o Pai corrige o filho que ama. Devemos dar limites: construir muros e levantar pirâmedes. Mas devemos atentar que a nossa mão não escandalize o próximo. Toda situação deve ser pesada e vista tentando-nos colocar no lugar do irmão. Diante do conhecido que é alcolatra devemos evitar tomar até guaraná no bar da esquina. Fugir de toda aparência do mal. Agir com inteireza de coração e não apenas usar mantos de pudor e retidão: ternos e vestidos longos. Que nossos pedidos e comentários não sejam a homens mas ao Senhor de todos os senhores, em nosso quarto em oculto. Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente. Mateus 6:4. Busquemos não os primeiros lugares mas: “O maior dentre vós será vosso servo.” Mateus 23:11. Dura é essa palavra mas necessária hoje em dia em nossas igrejas. Buscasse o poder e presença de Deus mas se esquece que onde está a sua presença deve haver amor e quebrantamento. “O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;” 1 Coríntios 13:8

Devemos aprender com a serva de Namã e estar dispostos a glorificar a Deus em qualquer situação. As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;  Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. Lamentações 3:22-23

sábado, 3 de março de 2012

DISCÍPULOS NO CAMINHO


“E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir.
E dizia-lhes: Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara.
Ide; eis que vos mando como cordeiros ao meio de lobos.
Não leveis bolsa, nem alforje, nem alparcas; e a ninguém saudeis pelo caminho.
E, em qualquer casa onde entrardes, dizei primeiro: Paz seja nesta casa.
E, se ali houver algum filho de paz, repousará sobre ele a vossa paz; e, se não, voltará para vós.
E ficai na mesma casa, comendo e bebendo do que eles tiverem, pois digno é o obreiro de seu salário. Não andeis de casa em casa.
E, em qualquer cidade em que entrardes, e vos receberem, comei do que vos for oferecido.
E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus.
Mas em qualquer cidade, em que entrardes e vos não receberem, saindo por suas ruas, dizei:
Até o pó, que da vossa cidade se nos pegou, sacudimos sobre vós. Sabei, contudo, isto, que já o reino de Deus é chegado a vós.
E digo-vos que mais tolerância haverá naquele dia para Sodoma do que para aquela cidade.
Ai de ti, Corazim, ai de ti, Betsaida! Porque, se em Tiro e em Sidom se fizessem as maravilhas que em vós foram feitas, já há muito, assentadas em saco e cinza, se teriam arrependido.
Portanto, para Tiro e Sidom haverá menos rigor, no juízo, do que para vós.
E tu, Cafarnaum, que te levantaste até ao céu, até ao inferno serás abatida.
Quem vos ouve a vós, a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós, a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou.”
Lucas 10:1-16

A missão dos discípulos de Jesus é ir diante de sua face, isso nos remete ao zelo do Senhor e seu cuidado por aquele a quem ele envia, e o seu chamado. O discípulo devi ir pelo caminho com seu companheiro de dois em dois, pois é “melhor dois do que um” Eclesiastes 4:9 e com o irresistível Espírito Santo de Deus: “a corda de três dobras não se quebra tão depressa” Eclesiastes 4:12b.

A colheita de almas é para o Reino de Deus pois próximo está o dia do Juizo: “Lança a tua foice, e sega; a hora de segar te é vinda, porque já a seara da terra está madura.” Apocalipse 14:15. Esta é a seara para a qual como fomos chamados. Somos coparticipantes dessa grande seara somos pescadores de homens como Jesus disse a Pedro: “E disse Jesus a Simão: Não temas; de agora em diante serás pescador de homens.” Lucas 5:10

Devemos orar: assim como nós fomos chamados e com um chamado específico de Deus e uma estratégia de propagação do seu evangelho. Assim muitos sejam chamados para cumprir O GRANDE IDE DE JESUS.

Jesus nos adverte que iremos como cordeiro no meio de lobos. Inocentes em malícia no meio de gente que não conhece ao Senhor. Devemos orar e pedir ao Pai para sermos: “prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.” Mateus 10:16

“Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.” Romanos 8:36

A vida de seguir os passos de Jesus é uma vida de morte mas de ressureição também: morte da nossa vontade mas de ressureição das Dele. Glória a Deus!!!

Os CAMINHOS DE DEUS não são os nossos caminhos: “Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” Isaías 55:9

Muitas vezes somos lançados em fornalhas de fogo ardente: Daniel 3:20. “E outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões.” Hebreus 11:36 Aquilo que o mundo não consegue matar em uns acaba por nos fortalecer a outros: “E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor.” Filipenses 1:14.

O Senhor Jesus nos adverte a não levar: bolsa, nem alforje, nem alparcas; e a ninguém saudeis pelo caminho. Na bolsa guardamos dinheiro. O alforge era uma bolsa de viagem de dois compartimentos usada para levar roupa e outros utensilhos. Alparcas são o mesmo que alpercatas que são calçados em que a sola se ajusta ao pé por meio de tiras de pano ou couro. Vemos que mais que objetos o Senhor nos adverte que ao sairmos a fazer a sua obra não devemos nos preocupar. Não devemos preocupar-nos: com dinheiro, com sustento, em como nos manteremos lá ou como lá chegaremos. Vemos diversos textos bíblicos em que o Senhor provê o dinheiro (Mateus 17:27), o pão do sustento (Marcos 8:1) ou a viagem de volta do evangelista de forma sobrenatural (Atos 8:39): em outras ele utilizou homens. Não devemos a ninguém saudar pelo caminho isso nos remete a não nos desviarmos em vãs conversações ao fazermos a obra. Não dar lugar a fofocas e conversas de assuntos não edificantes. Devemos ser vigilantes.





O Senhor até os dias de hoje provê o seu povo com sinais e prodígios. Conheço o testemunho de uma jovem amiga. Vamos chamá-la de Ester. Ela estava cursando o seminário e estava num fim de semana em sua casa sem dinheiro mas com vontade de tomar suco de manga só tinha um problema: ela não tinha nem mangas nem liquidificador. Mas ela orou e expôs a sua vontade ao Senhor.



Poucas horas depois uma conhecida dela bateu à porta e lhe disse: “não sei porquê mas o Senhor me tem incomodado a vir até aqui e te trazer essa sacola de mangas que tinha lá em casa. Logo depois bateu na porta uma amiga de seminário que morava perto dela com uma sacola. Adivinha o que tinha dentro? Um liquidificador! E nossa amiga agradeceu ao PAI DE TODA PROVIDÊNCIA E TODOS OS PRODÍGIOS!!! E fez um delicioso suco.




Em outra aconteceu conosco.O Senhor me deu um sonho foi antes de uma viagem missionária ao estrangeiro. Esperávamos que as passagens chegassem mas elas tinham atrasado. O Senhor nos deu um sonho em que na esquina próxima a casa vinha um esquadrão de motos de batedores da marinha e da polícia militar. Eles escoltavam imaginem o quê: UM AVIÃO! Sim um avião com as asas dobradas trafegava pela rua e virava o quarteirão de casa com suas asas levantadas. Ele estacionava na porta do edifício e nós tínhamos que sair correndo do apartamento com malas para poder pegá-lo. Assim que entravamos e nos sentávamos o avião acelerou pela rua mesmo e decolou rumo ao céu. 

E assim aconteceu: um dia faltando dez dias para a data do evento evangelístico a que íamos no estrangeiro. Minha esposa estava na rua próximo à esquina de nosso edifício. De repente batedores da PM e da marinha apareceram na esquina do quarteirão escoltando algo do governo. O Senhor lhe falou: “EU SOU UM DEUS DE SINAIS”. Quando ela entrou em casa a primeira coisa que fez foi ligar o computador e entrar na internet. No e-mail lá estavam as reservas das passagens que haviam sido enviadas minutos antes. Detalhe não foi em vôo nacional com escala como comunmente nós viajávamos para lá mas sim foi em um vôo internacional. Não proque alguém quisesse mas porque quando as passagens foram compradas somente havia vôo internacional disponível. Foi quase um voo em jato paticular. Vejamos abaixo a foto do avião em que viajamos, está um pouco escondido:



Outra coisa que o senhor Jesus nos ensina é que devemos ao entrar em qualquer casa e declarar a Paz de Cristo: “Paz seja nesta casa” A Paz de Cristo que excede qualquer entendimento. Se a casa for de paz a paz repousará sobre ela mas se não for a paz voltará para quem a enviou.

Outro versículo que chama nossa atenção é: “Quem vos ouve a vós, a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós, a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou.”

Nós somos representantes de Jesus e por sonseguinte representantes do Pai e de seu Reino. Somos embaixadores de Cristo. 



Quem rejeita a nós rejeita a Jesus e consequentemente ao Pai. Quem rejeita ao Pai incorre em pecado por isso não devemos ir a todo lugar mas somente aos lugares ao qual o Senhor nos enviar, para que as pessoas não venham a rejeitar oa Pai se o pai nos as preparou para recebê-lo.

Isso me lembra um texto atribuído a Albert Einstein quando menino, veja o link: http://www.youtube.com/watch?v=h6WHCnxk1pk. No diálogo o menino prodígio dialoga com seu professor. O profesor afirma que “Se Deus existe Ele é mau. Se Deus é o criador de todas a coisas... Deus então também criou o mal. Se ele criou o mal então ele é mau.”

O menino então pergunta ao professor se existem o frio e a escuridão. Diante da resposta afirmativa do professor Einstein explica que o frio segundo a física não existe é na realidade a sensação provocada pela ausência de calor. A escuridão também não existe afirma o menino: é apenas a percepção da ausência de luz. Então ele diz que assim como o frio e a escuridão o mal não existe. O mal é na realidade o resultado do homem não ter o amor de Deus em seu coração.

Quando nos afastamos de Deus nos afastamos daquele que traz cura e predão que é luz para nosso corpo e espírito! Na escuridão espiritual estamos como no abismo do mar perdidos e podemos nos deparar com toda sorte de criaturas. Busquemos a luz pois nós não fomos feitos para ser habitantes das trevas. 


Até mesmo os demônios das trevas crêem que Jesus é o Filho de Deus: “um homem que desde muito tempo estava possesso de demônios...E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando, e dizendo com grande voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Peço-te que não me atormentes.” Lucas 8:27a-28

O temor do Senhor é princípio de sabedoria. Sabedoria é temer a Deus. Guardar a sua lei ou pelo menos intentar guardar seus mandamentos. Fazer o que é certo ou pelo menos intentar fazer o que é certo. Para todas as coisas que nós não podemos ou não conseguimos deixar de fazer ou mudar clamamos a Jesus: JESUS FILHO DE DAVI TEM MISERICÓRDIA DE MIM! BUSQUEMOS AO SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR! ELE É GRANDE EM MISERICORDIA E BENIGNIDADE! BENDITA A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR!