A Paz do Senhor Jesus!

A Paz do Senhor Jesus! Seja bem vindo. Assista nossos vídeos:



Loading...

domingo, 9 de outubro de 2011

A história de Rute

Remida pela Graça
No tempo dos juízes houve fome na terra e um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe junto com sua esposa Noemi e seus dois filhos Malom e Quiliom. E morreu Elimeleque, marido de Noemi, e seus dois filhos se casaram-se com as moabitas Orfa e Rute. Posteriormente morreram também os seus filhos ficando as duas noras e Noemi desamparadas. Pelo que Noemi pediu às suas duas noras para que voltassem para suas casas e seu povo abençoando-as na despedida.


Porém Rute instou para ficar com ela:

“Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus; Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o SENHOR, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti.” Rute 1:16-17

Rute viu em Noemi mais do que a ligação de parentesco por estar casada com seu filho. Mesmo após a morte do filho de Noemi Rute não deixou a sua sogra e não a desamparou. A ligação com ela era uma ligação não apenas com ela mas uma ligação com o seu povo e seu Deus - até a morte.

Ambas foram a Belém e chegaram no princípio da sega das cevadas. Rute então pediu a Noemi para ir até as plantações catar as espigas que ficavam caídas no chão após a sega dos trabalhadores. Após ter feito isso, por acaso ela entrou numa plantação que era de Boaz, um parente de Elimeleque e pôs-se a colher as espigas caidas.


Boaz ao chegar ao campo pergunta ao chefe dos trabalhadores quem é a moça, e este o informa que trata-se da moabita que veio de Moabe com Noemi. Então Boaz se dirige à moça e lhe diz:

“Ouves, filha minha; não vás colher em outro campo, nem tampouco passes daqui; porém aqui ficarás com as minhas moças. Os teus olhos estarão atentos no campo que segarem, e irás após elas; não dei ordem aos moços, que não te molestem? Tendo tu sede, vai aos vasos, e bebe do que os moços tirarem. Então ela caiu sobre o seu rosto, e se inclinou à terra; e disse-lhe: Por que achei graça em teus olhos, para que faças caso de mim, sendo eu uma estrangeira? E respondeu Boaz, e disse-lhe: Bem se me contou quanto fizeste à tua sogra, depois da morte de teu marido; e deixaste a teu pai e a tua mãe, e a terra onde nasceste, e vieste para um povo que antes não conheceste. O SENHOR retribua o teu feito; e te seja concedido pleno galardão da parte do SENHOR Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar. E disse ela: Ache eu graça em teus olhos, senhor meu, pois me consolaste, e falaste ao coração da tua serva, não sendo eu ainda como uma das tuas criadas. E, sendo já hora de comer, disse-lhe Boaz: Achega-te aqui, e come do pão, e molha o teu bocado no vinagre. E ela se assentou ao lado dos segadores, e ele lhe deu do trigo tostado, e comeu, e se fartou, e ainda lhe sobejou.“ Rute 2:8-14

Boaz é a figura de Cristo pois é o Senhor da Seara. É um homem de poder e valor e nos trata com carinho. Aqueles que estão na sua presença no seu campo e participam da sua seara terão uma porção farta e sobejante assim como Jesus nos promete. Rute representa os gentios a quem a mensagem de salvação é dirigida. Rute é estrangeira e de muito longe da terra da idolatria e do pecado. Ela é pobre e necessitada assim como nós somos pobres espíritualmente e necessitamos da salvação e graça de Jesus. A história de Rute é como a nossa gentios e crentes em Jesus, que muitas vezes temos que abrir mão de pai, mãe e terra e ir para um povo que não conhecemos quando somos chamados para anunciar Sua palavra.

“Havendo, pois, Boaz comido e bebido, e estando já o seu coração alegre, veio deitar-se ao pé de um monte de grãos; então veio ela de mansinho, e lhe descobriu os pés, e se deitou. E sucedeu que, pela meia noite, o homem estremeceu, e se voltou; e eis que uma mulher jazia a seus pés. E disse ele: Quem és tu? E ela disse: Sou Rute, tua serva; estende pois tua capa sobre a tua serva, porque tu és o remidor.” Rute 3:7-9

Rute se deitou aos pés de Boaz. Esse ato representava que Rute se colocava na dependência de seu remidor. Uma mulher viúva como Rute pela tradição Judaica poderia se deitar aos pés do parente homem mais próximo dela para que ele a tomasse por esposa e a remisse. Assim nós crentes quando nos prostramos aos pés de Jesus encontramos descanso para nossa alma. Os pés de Jesus antes transpassados por nossas iniqüidades na cruz tornaram-se após a ressurreição como de latão reluzente e hoje brilham a Glória do Pai. A seus pés há paz, graça e toda a sorte de bênçãos.


Jesus também se alegra quando nós descansamos das preocupações diárias, aos seus pés, assim como Rute descansou aos pés de Boaz. Assim como Maria irmã de Marta também descansou aos pés do seu “raboni” ao ouvir a sua palavra. Ela escolheu a boa parte e encontrou descanso para sua alma diferente de sua irmã Marta que estava preocupada com os afazeres diários.

” E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada. Lucas 10:38-42

Há quanto tempo você entrou no campo do Senhor. Você veio com fome e o Senhor te saciou e ainda sobejou alimento? Se ainda não, certamente Ele o fará. Ele dá ordem aos seus trabalhadores da seara: os seus anjos que não toquem em você, mas que deixem as espigas caídas para que você as pegue. Diz a outros trabalhadores da seara: pastores, evangelistas, ministros, professores, apóstolos e profetas que te dem água para beber – as águas da sua palavra que saciam a sede da alma. Mas há um dia especial marcado na agenda de Deus. O dia que ele te remirá de tuas vergonhas. Um dia de alegria em que Ele te tomaria pela mão e se casará contigo. O dia que Ele te cobrirá com a sua capa e debaixo de sua sombra estarás seguro. Abre o teu coração a Ele, aceita ao Senhor Jesus como único Senhor e suficiente Salvador de tua vida. Então poderás encontrar descanso para tua alma! E se você já crê, então confia e entrega a Ele TODO o teu coração! É difícil mas é o seu pedido.

As vestes que cobrem a nossa vergonha e nudez e são a promessa de remissão em cristo: as mesmas vestes que o Senhor utilizou para cobrir a Adão e Eva após o pecado entrar na terra. (Génesis 3:21).

Essa promessa se cumpriu no manto carmesim de Jesus, no manto do seu sangue, onde há remissão de pecados. A mulher que tinha um fluxo de sangue há 12 anos foi curada ao tocar nas vestes do mestre com um toque de fé. (Marcos 5:25-34). Naquela época e até os dias de hoje, todos os lhe rogam e o tocam com fé, são curados de todo o mal: “E rogavam-lhe que ao menos eles pudessem tocar a orla da sua roupa; e todos os que a tocavam ficavam sãos.” Mateus 14:36


A palavra de Deus não volta vazia mas faz aquilo que lhe apraz e prospera (Isaias 55:11). Deus não faz acepção de pessoas (Romanos 2:11): ele não beneficia certos filhos em detrimento de outros mas têm chamados específicos e a seu tempo para cada parte do corpo de Cristo: nós sua igreja.

Assim como Jesus fazia há mais de 2000 anos atrás Ele faz ainda hoje. Certa vez um aluno meu da EBD foi atropelado por um caminhão. Ele jazia no hospital com traumatismo craniano e coágulos no cérebro. A minha esposa visitou-o no hospital e orou ao Senhor por sua cura. O Senhor lhe disse: “Eis que os meus planos para este são de vida e não de morte”. O rapaz contrariando todos os pareceres médicos recuperou-se e hoje vive uma vida normal. O Senhor Jesus cura até os dias de hoje! A L E L U I A!

Rute era aparentada com Boaz pelo casamento assim a igreja gentia é aparentada com cristo como a noiva ao esposo. Assim como Rute era gentia e alcançou as promessas feitas a Abraão pela fé e não pela lei, como os judeus se propunham. Assim nós gentios fomos inxertados na videira que é Cristo, e pela fé e não por qualquer coisa que possamos fazer, fomos feitos coparticipantes da aliança abraamica e de suas promessas.


“ E, passando eu junto de ti, vi-te, e eis que o teu tempo era tempo de amores; e estendi sobre ti a aba do meu manto, e cobri a tua nudez; e dei-te juramento, e entrei em aliança contigo, diz o Senhor DEUS, e tu ficaste sendo minha.” Ezequiel 16:8

“Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias. “ Isaías 62:10

A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado. Isaías 61:3